WWW.CORREIODOSVINHOSEPETISCOS.COM
Correio dos Vinhos e Petiscos
Número dez • trimensário newsletter • Director: Álvaro Vale
Nesta edição    
- Primeira página

- Os seis melhores sommeliers do Brasil consagrados pela CVR Alentejana

- Mel de rosmaninho no top mundial

- Dez mil pessoas na Grande Prova Mediterrânica de Azeites e Vinhos do Alentejo…

- Reynold’s story ou o inglês do Porto que se fixou no Alentejo

- Na Vidigueira: Quinta das Ratoeiras tradição romana do vinho da talha aliado ao turismo rural.

- Livros & tertúlias

- Confraria dos Enófilos do Alentejo elege os 27 melhores vinhos do ano

- Monte da Ravasqueira ganha “Melhor Degustação”

- Região de Lisboa record de 100 M de litros em 2015… e também em qualidade

- Cinco vinhos portugueses no top da Wine Spectator

- Penúltimas

- Últimas


Francisco Mateus novo
residente da CVR Alentejana

Francisco Mateus preside à nova direcção da Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA), que assegura a gestão da Denominação de Origem Protegida (DOP) e da Indicação Geográfica Protegida (IGP), bem como a certificação e o controlo dos vinhos e produtos vínicos que são vendidos sob a chancela “Alentejo”. O novo presidente sucedeu no cargo a Dora Simões, ficando responsável por implementar a estratégia e gestão da CVRA, tendo em vista valorizara a marca Alentejo” no setor do vinho. A novo elenco inclui Maria Pica, em representação dos interesses no comércio de vinhos e produtos vínicos, e Hernâni Capucho, na parte da produção de uvas. Com um Bacharelato em Engenharia das Indústrias Agro-alimentares (ramo Vinhos) e com licenciatura em Gestão, pelo Politécnico de Santarém, pós-graduação em Direção de Empresas, pela Business School da Universidade de Navarra, Francisco Mateus tem 20 anos de experiência no sector vitivinícola. Iniciou a sua carreira em Santarém, nas áreas do controlo e fiscalização do vinho, e posteriormente na gestão de medidas comunitárias de apoio. Director de departamento no IVV - Instituto da Vinha e do Vinho desde 2007, fez parte da equipa que representou Portugal em Bruxelas na negociação entre estadosmembros e a Comissão europeia sobre a reforma da legislação-base do sector vitivinícola europeu (OCM Vinhos de 2008); preparou e assegurou a gestão operacional dos dois programas de apoio nacional ao setor do vinho para os períodos 2009- 2013 e 2014-2018 e implementou em Portugal medidas específicas de apoio, como a promoção de vinhos em Países Terceiros. Representou o país em comités sobre o sector junto da Comissão Europeia e Conselho Europeu. Integrou ainda a Comissão Nacional da OIV nos grupos “Economia e Direito” e “Nutrição e Saúde”, tendo participado em congressos e reuniões técnicas da Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV). Organismo de utilidade pública a CVRA) foi criada em 1989, é a entidade que certifica, controla e protege os vinhos DOC Alentejo e os vinhos Regional Alentejano, sendo também responsável pela promoção dos vinhos do Alentejo, a nível e internacional. A sua actividade é financiada pela venda dos selos de garantia que integram os contra-rótulos dos Vinhos do Alentejo.


 
Versão impressa
Correio dos Vinhos e Petiscos

 
Números anteriores
Correio dos Vinhos e Petiscos

-Edição nº 0
-Edição nº 1
-Edição nº 2
-Edição nº 3
-Edição nº 4
(English version)
-Edição nº 5
-Edição nº 6
(English version)
-Edição nº 7
-Edição nº 8
-Edição nº 9


Em destaque nesta Edição...

Melhores sommeliers brasileiros consagrados pela CVR Alentejana
Correio dos Vinhos e Petiscos
No final de Janeiro, a comissão vitivinícola Alentejana consagrou os seis melhores sommeliers brasileiros numa finalíssima realizada em Lisboa, e com vista a promover os vinhos do Alentejo no Brasil em 2016.


     


Reynolds Story ou o inglês do Porto que se fixou no Alentejo.
Por volta de 1850, os Reynolds, industriais de cortiça alargaram o seu negócio por terras alentejanas, fixaram-se em Estremoz, e tornaram-se produtores de belos vinhos, trazendo de França a casta Alicante Bouschet..








Mel de rosmaninho no top mundial:
Arrábida Mel investe 1 milhão

A nova fábrica de enchimento de mel em Pinhal Novo produz 100 toneladas por mês e 1.200/ano. A empresa trabalha com mel estrangeiro, o genérico, e mel português, vendido a três vezes mais..






Vila Joya embarca vinhos & turismo em comboio pelo Douro
Enoturismo e viagem de comboio através das paisagens do Vale do Douro, um projecto de toque queirosiano, com inscrições limitadas.